Terça-feira
24 de Abril de 2018 - 

Notícias

Newsletter

CAAB retoma biometria em sua sede em Nazaré até 09/05

Com o objetivo de possibilitar que advogados, advogadas, estagiários e seus dependentes regularizem sua situação junto a Justiça Eleitoral, a Caixa de Assistência dos Advogados da Bahia (CAAB) reafirmou a parceria com o Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) e realizará mais uma etapa do recadastramento biométrico em sua sede, no bairro de Nazaré. Os interessados já podem agendar o serviço que começa nesta sexta-feira (13/04) e prossegue até 09 de maio. Confira o vídeo da biometria na CAAB. “Observamos que muitos colegas ainda continuavam sem conseguir realizar a biometria e decidimos conseguir com o TRE-BA a manutenção da parceria para essa nova etapa desse importante serviço para a classe”, disse o presidente da CAAB, Luiz Coutinho, lembrando que nas edições anteriores a Caixa de Assistência atendeu mais de 5.000 pessoas tato na capital quanto no interior do Estado. Agendamento Para realizar a biometria é necessário fazer um agendamento no site da CAAB (www.caab.org.br) indicando a data e o turno em que deseja ser atendido. Feito o agendamento, o atendimento ocorrerá na CAAB por ordem de chegada. O agendamento só é válido para o dia escolhido. Faça o seu aqui.De acordo com a Corregedoria Geral Eleitoral do TSE, 9/5/2018 é o último dia para os interessados requererem as operações de alistamento, transferência e revisão. A regularização de inscrição cancelada se dá, via de regra, pela operação de revisão. Portanto, quem estiver cancelado e quiser votar em 2018 terá quer requerer sua regularização o quanto antes, mas até o dia 9 de maio.Documentos necessários para fazer o recadastramento biométrico:– Documento oficial de identificação com foto (Ex.: original RG, CNH, Carteira Profissional, Passaporte, Carteira de Reservista ou Certificado de Alistamento Militar)– Comprovante de residência atual original (emitido há, no máximo, três meses), no nome do eleitor ou de um parente, devendo comprovar o parentesco.– Documento comprobatório de alterações de dados pessoais, se houver (Ex.: original da certidão de casamento com homologação de separação, sentença judicial etc.).– Se for tirar o 1º título eleitoral, necessita-se ainda do original do comprovante de quitação do serviço militar (para homens com idade entre 18 e 45 anos).– A CNH (Carteira Nacional de Habilitação) não é válida como documento de identificação para o alistamento eleitoral (1º título de eleitor) por não conter nacionalidade/naturalidade, assim como o Passaporte, e por não conter a filiação.– O eleitor que tiver o título eleitoral anterior deve levá-lo na hora de fazer o recadastramento biométrico. Caso o tenha perdido não é necessário levar boletim de ocorrência.– Antes de comparecer ao cartório, é necessário ao eleitor consultar a existência de débitos com a Justiça Eleitoral. Para isso, bastará acessar o site (www.tre-ba.jus.br). A pesquisa é feita, por meio do menu principal, seguindo o caminho: Eleitor > Débitos do eleitor. Caso exista débito, a multa deverá ser paga previamente. O comprovante de pagamento deverá ser apresentado no momento do atendimento.Quer saber se está regular? Confira sua situação no site do TRE-BA www.tre-ba.jus.br. Acesse a home e busque a aba ‘Situação Eleitoral’. Preencha com o número do documento ou com o nome completo e data de nascimento.
13/04/2018 (00:00)
© 2018 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.